Imagem capa - Devo manter meu casamento para o segundo semestre de 2020? por Ricardo Clavello

Devo manter meu casamento para o segundo semestre de 2020?


Como já conversamos anteriormente aqui no blog, adiar o casamento é uma decisão nada agradável que muitos noivos estão precisando tomar em virtude da pandemia do coronavírus.


À primeira vista, assistimos a uma corrida de casais do primeiro semestre do ano por novas datas nos meses seguintes e até mesmo em 2021.




No entanto, se antes nos mantíamos com uma perspectiva positiva para o segundo semestre do ano, agora o cenário já começa a preocupar quem tem casamento marcado para este período.


São muitos os dilemas vividos pelas noivas: adiar ou não? Se for possível realizar a celebração, como tudo ocorrerá neste “novo normal”?




Se está de casório marcado para o segundo semestre, continue a leitura - meu desejo aqui bater um papo de amigo, para que juntos possamos chegar na melhor solução sobre a data do seu grande sonho. Vamos lá? 


O comportamento dos noivos de 2020


Como eu já vinha falando, o desconforto do adiamento, a princípio, era vivido apenas pelos casais dos primeiro semestre do ano.


Para se ter uma ideia, segundo pesquisa do site de casamentos iCasei, mais de 60% dos casais que marcaram o casório para o primeiro semestre de 2020 deram uma pausa na organização do matrimônio por não se sentirem confortáveis com o cenário delicado que vivemos.




Dessa forma, desde março, mais de 3.500 noivos brasileiros adiaram o casamento no site iCasei. 


A pesquisa também apontou que 41% dos noivos gerais do ano não têm certeza sobre o momento e o cenário dos próximos meses. 


Por isso, muitos vinham aguardando mais um pouco para remarcar a data - principalmente aqueles cujo enlace estava marcado para os últimos trimestres.




Entretanto, não sendo pessimista, o cenário da pandemia no nosso país não é dos melhores. Já superamos a marca de 851 mil pessoas infectadas e 42 mil mortes.


Ao mesmo tempo, um novo estudo realizado pela Funcional Health Tech, apontou que o Brasil enfrentará o momento mais drástico da pandemia em 6 de julho - ou seja, já no segundo semestre de 2020. 




Assim sendo, infelizmente é hora de pensar em adiar casamentos do segundo semestre de 2020 e/ou pensar em alternativas seguras para celebrar com seus convidados, caso a realização de eventos seja autorizada após o pico da doença. 


Adiar ou celebrar diferente de como você sonhou?


Eu entendo que remarcar uma festa com que você sempre sonhou e que estava tão perto de acontecer dá dor no coração.


Adiar um casamento que levou tanto tempo de planejamento e criou tantas expectativas não é decisão fácil - ainda mais porque não sabemos ao certo quando o surto da COVID-19 deve chegar ao fim. 




No entanto, você e seu noivo devem tirar um tempo para refletir e avaliar a importância do adiamento.


Se, no planejamento de vocês, está um casamento com alto número de convidados, festa, atrações e toda pompa que a celebração merece, talvez não seja possível realizá-lo em detalhes como vocês sonharam logo que os eventos forem liberados. 




Afinal, suponhamos que em meados de setembro e outubro seja possível realizar festas. Infelizmente, é inegável que ainda assim nada será como antes; possivelmente, haverá mudanças neste novo normal:


  • - limite de convidados (que possível será um número mais baixo do que vocês vinham planejando);

  • - uso de máscaras;

  • - distanciamento entre mesas;

  • - distribuição de álcool em gel para convidados.





E, sim, eu tenho certeza que nenhuma dessas restrições está presente no seu casamento dos sonhos.


Dessa forma, será que vale mesmo manter a sua data original e possivelmente realizar a celebração nessas condições?


Assim sendo, se vocês avaliarem que as exigências do “novo normal” irão afetar a realização do seu sonho (eu imagino que você não queira ser uma noiva de máscara!), considere o adiamento.




Dessa forma, por mais frustrante e doloroso que seja, adiar é uma forma de garantir que cada detalhe seja especial do jeitinho que você sempre sonhou - além de, é claro, garantir a plena saúde dos seus familiares e convidados. 


Por outro lado, se você pretende seguir uma celebração mais intimista, avalie se as medidas de segurança que possivelmente deverão ser tomadas após o pico realmente afetam o seu sonho.




Caso o uso de máscaras, álcool e o número enxuto de convidados não impacte negativamente os planos iniciais, considere manter.


Nem tudo precisa ser adiado 


Entre muitas noivas, é possível perceber um comportamento comum: o apego pela data escolhida originalmente para o casamento.


Desfazer do dia dos sonhos é frustrante, eu imagino. Mas há a possibilidade de você dizer sim nesta data tão querida e celebrar depois.


O casamento civil pode ser mantido para a data original. Atualmente, a maioria dos cartórios pede que estejam presentes apenas os noivos e padrinhos que farão a assinatura como testemunhas. 




Os cartórios prestam serviços que são considerados essenciais, como registros de certidões de nascimento, casamento e óbitos, que precisam ter continuidade. 


Algumas adaptações são feitas para garantir a segurança de todos, usuários e colaboradores, e ao mesmo tempo atender às necessidades da população.


Com relação aos casamentos, a principal sugestão é a reorganização da agenda de celebrações, evitando a grande concentração de pessoas aos sábados (data em que normalmente são realizados no cartório).




Dessa maneira, é possível dizer sim para a pessoa amada na data planejada e, juntos, começarem a contagem regressiva para compartilhar a felicidade junto das pessoas que vocês amam na festa que vocês vêm planejando com tanto carinho.


Decidi adiar. E agora?


Primeiramente, ao tomar a decisão de adiar o casamento, entre em contato com a sua cerimonialista


É ela que irá oferecer o apoio e as instruções necessárias para a escolha de uma nova data e remarcação dos serviços com fornecedores.




Se o adiamento for informado com antecedência, todos os fornecedores envolvidos certamente estarão abertos para deixar o serviço como crédito, para ser executado mais para frente.


É sempre importante ressaltar que estamos falando de uma pandemia, portanto as empresas precisam buscar a conciliação com os noivos para uma eventual remarcação do evento, sim.




De acordo com a Medida Provisória 948/20, as festas ocorrerão sem custo adicional, taxa ou multa ao consumidor, desde que a solicitação seja efetuada no prazo de noventa dias, contado da data de entrada em vigor desta Medida Provisória - que, no caso, foi publicada em 8 de abril. 


Bônus: uma ajudinha extra para planejar seu casamento no novo normal


Aqui no blog eu venho preparando uma série de conteúdos que podem auxiliar os noivos que irão adiar ou adaptar seus casamentos em virtude da pandemia.


No primeiro deles, eu trouxe dicas para quem está tomando a decisão de adiar - não deixe de conferir! Coronavírus e casamento: como se organizar neste momento delicado?




Além disso, se vocês decidiram adiar, mas ainda não têm uma nova data, ainda dá para continuar planejando diversos detalhes da celebração. Confira como neste artigo - Casamentos e coronavírus: como continuar planejando mesmo sem data? 


E eu também quero ser um ombro amigo neste momento difícil - portanto, separei dicas de como lidar com a frustração de ter que adiar o casamento


Por fim, tente lembrar-se todos os dias de que esse momento delicado é passageiro




É questão de tempo para que você possa celebrar seu casamento com as pessoas amadas, trocando abraços, carinhos e todo tipo de afeto que vocês merecem. 


E, é claro, para mim será uma honra fotografar tanto amor. Se você ainda não tem um fotógrafo de casamento para sua data futura, entre em contato comigo para saber mais do que posso oferecer para registrar este momento especial. 




Gostou de saber se deve ou não manter seu casamento para o segundo semestre? Estou sempre oferecendo diversas dicas no meu blog. Para recebê-las no seu e-mail, inscreva-se!


Cadastre-se na lista de dicas!

* indicates required
/ / ( dd / mm / yyyy )


E se você curte as minhas fotos e deseja conversar sobre o seu casamento, me mande um whatsapp. Se disser que leu este artigo, rola um descontinho incrível no orçamento!