Imagem capa - Coronavírus e casamento: como se organizar neste momento delicado? por Ricardo Clavello

Coronavírus e casamento: como se organizar neste momento delicado?


Vivemos uma pandemia sem igual e sem precedentes com o novo coronavírus. O isolamento social é a melhor alternativa para evitar o contágio e, para muitos noivos, adiar a festa de casamento tornou-se uma realidade dolorida e cheia de dúvidas. Coronavírus e casamento: o que fazer? 


Eu, que agora também sou noivo, posso imaginar a angústia de ter que postergar a realização de um sonho.


Afinal, são meses, e em alguns casos, anos, planejando o evento, o dia mais importante da sua vida.




Se você é noiva e está passando por esse momento, respire fundo e priorize a saúde de todos, seguindo as orientações recomendadas. 


Acredite, em primeiro lugar, que tudo vai passar. Logo mais, estaremos todos voltando à normalidade - e eu espero estar junto fotografando este momento de alegria.




Enquanto tudo isso não é possível, separei algumas dicas para você se organizar neste cenário de coronavírus e casamento, sem abrir mão do seu sonho. Confira!


1. Não demore a tomar uma decisão


Eu sei que é difícil de acreditar e tomar a decisão de remarcar seu casamento, mas não demore.


A transferência dos casamentos do primeiro semestre de 2021 precisa ocorrer com o máximo de antecedência possível. Do contrário, os noivos poderão ter que arcar com alguns custos.




Por exemplo, alguns insumos da gastronomia não poderão ser reutilizados. Com isso, os fornecedores terão que abater do valor pago e mais pra frente os noivos terão que assumir mais uns extras. 


Porém, se o adiamento for informado com antecedência, todos os fornecedores envolvidos certamente estarão abertos para deixar o serviço como crédito, para ser executado mais para frente.




Em geral, a única ajuda que os fornecedores estão pedindo é que os pagamentos sejam efetuados de acordo com que já havia sido combinado antes da pandemia.


Por outro lado, se o seu casamento está marcado para meados de setembro, outubro e novembro de 2020, convém aguardar novidades do governo e o desenrolar da pandemia, para que você também não tome nenhuma decisão precipitada e perca a data dos seus sonhos. 


2. Entre em contato com a sua cerimonialista


A primeira pessoa que deve ser acionada é quem está cuidando de todos os detalhes da sua festa: a sua amiga cerimonialista.


É ela que irá te auxiliar a informar os fornecedores e começará o replanejamento da sua celebração.




Por outro lado, se você está organizando a festa sozinha com seu noivo, ligue para todos os fornecedores ou faça um textinho para encaminhar a eles. 


Nesse primeiro momento, o importante é informar a transferência - só assim depois você deverá retomar os detalhes da organização. 


3. Pense na nova data


Muitos dos casamentos estão sendo adiados para o fim do ano e, a maioria deles, para o primeiro semestre de 2021.


Portanto, é importante que vocês pensem sobre isso e, se for o caso, reagendem a nova data o quanto antes. 




Com isso, vocês podem evitar perder algum fornecedor ou local que vocês gostariam muito de realizar a sua festa.


É importante ressaltar que, com uma nova data, talvez seja difícil que todos os fornecedores escolhidos estejam disponíveis. 




Portanto, também pense na possibilidade de escolher as suas prioridades – quais são elas? É o local, a fotografia, a decoração? – e tente alinhar as datas destes fornecedores primeiro.


4. Informe os seus convidados


Muitos dos convidados já devem estar esperando um possível adiamento do casamento e, acredite, isso também os deixam tristes e desapontados.


Dessa forma, não deixe de avisá-los formalmente sobre o adiamento do casamento, em virtude do coronavírus, principalmente se os convites já haviam sido distribuídos.




Comece pelos parentes e amigos que são de outras cidades para que eles possam  fazer a parte deles e informar os hotéis e companhias aéreas. 


Além disso, aconselhe eles sobre alguns locais estão disponibilizando cartas de crédito para que o hóspede reutilize em qualquer momento do ano. 




Por ser um momento delicado, o ideal é que os noivos falem com cada convidado. Mas caso vocês não tenham psicológico e nem mesmo capacidade para lidar com isso agora, o que é totalmente compreensível, a cerimonialista também pode auxiliar.


5. Não esqueça o cartório


Neste momento, é fundamental que os noivos também reagendem o quanto antes os casamentos civis


Se não for possível, é normal que os cartórios peçam que estejam presentes apenas os noivos e padrinhos que farão a assinatura como testemunhas. 




Se a cerimônia estiver agendada para fora do cartório, a orientação é que se faça a transferência para outra data. Tudo sem taxas extras.


Meus fornecedores querem cobrar taxa de adiamento. E agora?


O melhor caminho ao adiar uma festa de grande porte como um casamento é sempre buscar um acordo amigável entre noivos e fornecedores.


Mas e se alguma das empresas contratadas quiser aplicar taxa ou multa pela alteração da data?




É importante lembrar que estamos falando de uma pandemia, algo que foge do controle dos contratantes, portanto as empresas precisam buscar a conciliação com os noivos para uma eventual remarcação do evento, sim. 


Entretanto, é importante lembrar que já está em vigor a Medida Provisória 948/20, que dispõe sobre o cancelamento de serviços, reservas e eventos dos setores de turismo e cultura, em razão do estado de calamidade pública.


O artigo II aponta que na hipótese de cancelamento de serviços, de reservas e de eventos,  o prestador de serviços ou a sociedade empresária não serão obrigados a reembolsar os valores pagos pelo consumidor, desde que assegurem:


I - a remarcação dos serviços, das reservas e dos eventos cancelados;


II - a disponibilização de crédito para uso ou abatimento na compra de outros serviços, reservas e eventos, disponíveis nas respectivas empresas; ou


III - outro acordo a ser formalizado com o consumidor.


Além disso, as festas ocorrerão sem custo adicional, taxa ou multa ao consumidor, desde que a solicitação seja efetuada no prazo de noventa dias, contado da data de entrada em vigor desta Medida Provisória - que, no caso, foi publicada em 8 de abril.


Também é preciso ter atenção quanto aos descontos que, por ventura, você tenha conquistado com fornecedores. 


O mercado de casamentos, como qualquer outro, sofre com variações de preços e, portanto, pode ser que você precise lidar com eventuais reajustes ou descontos que não serão válidos para o próximo ano.


Portanto, para que você não sofra grandes aumentos nos custos, leve em conta a sazonalidade da nova data e a disponibilidade dos fornecedores e serviços. Essas variáveis contam e muito no orçamento total.


Se, por exemplo, você contrata com a florista um tipo de flor que é mais comum em julho e, portanto, mais barato nesta época, não pode exigir que haja as mesmas flores em dezembro do próximo ano, por exemplo, ou que os preços delas se mantenham.


Além disso, você deve entender que a data escolhida pode ter variáveis de preço. Um casamento que ocorre em um feriado em dia de semana, em geral, tem custos mais baixos do que em um sábado. 


Logo, se você irá passar de um feriado para um sábado, por exemplo, pode ser que tenha que arcar com custos adicionais sim.


De toda forma, fique atenta aos decretos municipais, estaduais e nacionais que possam afetar os trâmites de realização de eventos. 


Por fim, lembro que é claro que não está nos planos de nenhuma noiva adiar o tão esperado casamento.




Lidar com o fato de que isso realmente terá que acontecer pode, sim, ser um pouco frustrante.


No entanto, pense que essa é uma medida emergencial para garantir a saúde de todos e que, assim, muito em breve você poderá ter sua comemoração do jeito que sempre sonhou, com vocês, seus familiares e convidados saudáveis e sorrindo.


Por fim, se você ainda não tem um fotógrafo de casamento para sua data futura, entre em contato comigo para saber mais do que posso oferecer para registrar este momento especial.




Gostou de saber sobre como se organizar no cenário de coronavírus e casamento? Estou sempre oferecendo diversas dicas sobre casamento no meu blog. Para recebê-las no seu e-mail, inscreva-se!


Cadastre-se na lista de dicas!

* indicates required
/ / ( dd / mm / yyyy )


E se você curte as minhas fotos e vídeos e deseja bater um papo sobre o  seu casamento, é só me mandar um whatsapp. Se disser que leu este artigo, rola um descontinho incrível no orçamento!