Imagem capa - Superstições de casamento: vocês conhecem todas e têm alguma? por Ricardo Clavello

Superstições de casamento: vocês conhecem todas e têm alguma?


Praticamente qualquer manifestação cultural é cercada de tradições e simbolismos. Com o casamento, não seria diferente - e são muitas as superstições de casamento.


Muitas delas têm sua origem na religião, na crença popular, no folclore e mais.




A ideia de que certas coisas podem trazer boa sorte ou azar vem de gerações e é natural que muitos noivos conheçam superstições de casamento antes mesmo de estarem em um noivado. 


Mal não faz seguir algumas dessas crenças que, além de bonitas, podem ser divertidas e trazer lembranças gostosas.




Se você está noiva, vai adorar conhecer algumas superstições de casamento que podem deixar seu dia mais lúdico e mágico. Confira!


1. O vestido branco


O branco já era parte do vestuário de noivas da Antiguidade. Por volta do século 10, com os vistosos tecidos vindos do Oriente, as noivas passaram a se vestir com cores fortes, como o vermelho. 


Mas em 1840, com o casamento da rainha Vitória, da Inglaterra, o branco voltou a dominar, como um símbolo da pureza e castidade.




Na nossa cultura, portanto, o vestido deve ser branco para mostrar a pureza e a virtude da mulher. 


No entanto, além disso o azul também é um substituto ao branco, pelo seu significado. 




Dizem, ainda, que uma noiva jamais deve casar-se de preto, pois significa a morte ou de verde (esta é a cor da infidelidade).


2. Algo novo, algo velho, algo emprestado e algo azul


Este costume diz que, no look, a noiva deve incluir um elemento velho, outro novo, algo emprestado e, por último, algo azul.


Em inglês, os quatro elementos, juntos, formam uma rima popular: “Something old, something new, something borrowed and something blue”.




Os sábios dizem que se colocada em prática no dia do casamento, é capaz de promover boa sorte aos futuros noivos ou noivas.


Leia o meu artigo especial sobre este assunto aqui no blog - “Por que e como incluir algo azul, velho, novo e emprestado no look?”


3. Nomes das amigas na barra do vestido


Para as moças solteiras, prender seu nome na borda do vestido ou pisar na pontinha da cauda da noiva pode atrair casamento.




O costume de pensar nas mulheres solteiras durante uma celebração de casamento vem de longe. 


Antigamente, na Europa, era comum as convidadas que não estavam casadas levarem, como um talismã, um pedacinho do vestido de noiva, por exemplo.


4. O noivo não pode ver a noiva antes da cerimônia


Este é um dos mais antigos rituais de casamento e que toda noiva segue a risca.




O noivo ver a noiva toda preparada e bonita antes da cerimônia é algo que pode dar azar - e ninguém quer arriscar!




Há, ainda, casais mais tradicionais que seguem a tradição de nem mesmo passarem a noite anterior ao casamento juntos.


5. O noivo deve chegar primeiro na celebração


O noivo chega antes a igreja ou no local da celebração e e tem de entrar com o pé direito! Dessa forma, ele atrai boa sorte e longevidade para a união. 




Além disso, a noiva deve entrar na igreja e percorrer o caminho sem tropeçar ou cair, assegurando uma vida boa e sem obstáculos para o casal.


6. A chuva de arroz


Jogar arroz ou pétalas de flores no casal assegura a eles uma vida a dois longa, próspera, farta e fértil. 


Hoje, ainda, há costumes que substituem a chuva de arroz, como chuva de prata, bolhas de sabão e outras belezas.




Aliás, há ainda uma tradição de que tocar nos noivos no dia do casamento atrai boa sorte, já que o casal acabou de ser abençoado.


7. A primeira fatia do bolo de casamento


Os noivos devem cortar o primeiro pedaço do bolo juntos e dividi-lo para assegurar uma vida de partilha e união. 




Além disso, repetir o mesmo bolo do casamento para comer nas bodas de papel (1 ano de casamento) atrai boa sorte para o casal. 


8. Jogar o buquê


Dizem que a moça que pegar o buquê da noiva que acabou de se casar será a próxima a se casar.


Nos últimos tempos, o jogar do buquê tem sido substituído por outros ritos ainda mais criativos.





Assim sendo, ao invés do buquê tradicional, vale a pena lançar um buquê com vários bonequinhos de cupido, de Santo Antônio ou até mesmo buquezinhos artificiais para que várias amigas solteiras possam ser presenteadas. 


O corte das fitas também é uma opção interessante se você optar por manter o buquê tradicional. Para isso, é necessário preparar-se para amarrar grande fitas coloridas no caule do buquê. 




Depois, as solteiras fazem um círculo em volta da noiva, que fica no centro com o buquê nas mãos. Todas as fitas coloridas saem do próprio buquê e cada mulher solteira segura uma fita


Depois, a noiva vai cortando as fitas com uma tesoura uma por uma e a última fita que for cortada será da solteira que levará o buquê para casa.


9. Chuva e choro


A chuva no dia do casamento é símbolo de fertilidade e limpeza, pois um casal que tenha sua cerimônia interrompida por uma chuva torrencial terá um filho em breve.




E se a noiva chorar no dia do casamento, estará atraindo sorte, pois simboliza que ela derramou todas as lágrimas e não terá nenhuma para derramar durante a vida.




São muitas as superstições de casamento e é importante lembrar que só vale colocá-las em prática desde que elas sejam saudáveis para os noivos.


Criar um mistério e aquele friozinho na barriga é bom, mas não faça nada que atrapalhe a calmaria do casal.


Lembre-se que as superstições de casamento, quando praticadas com carinho, devem ser registradas como momentos bons do grande dia.


Por fim, se você ainda não tem um fotógrafo para o seu casamento, entre em contato comigo para saber mais do que posso oferecer para registrar esse momento especial!




Gostou de conhecer algumas superstições de casamento? Estou sempre oferecendo diversas dicas sobre casamento no meu blog. Para recebê-las no seu e-mail, inscreva-se!


Cadastre-se na lista de dicas!

* indicates required
/ / ( dd / mm / yyyy )