Imagem capa - Mãe da noiva: 7 pensamentos e emoções que passam na mente dela por Ricardo Clavello

Mãe da noiva: 7 pensamentos e emoções que passam na mente dela




Entre as maiores alegrias da vida de uma mãe está casar sua filha. O momento envolve muita emoção, expectativas e, é claro, cumplicidade. A missão mãe da noiva é prazerosa, mas também desafiadora, afinal de contas, a mãe sempre é um porto seguro para sua filha. 


Todos os preparativos para essa data especial se tornam muito mais fáceis e encantadores com o apoio da sua mãe, que já esteve no seu lugar e tem amor de sobra para te auxiliar na construção de uma celebração linda.


É claro que quando as filhas estão para se casar, as mães se enchem de animação e ansiedade.


Entretanto, se você é a protagonista deste momento, ela é, com certeza, uma atriz coadjuvante que deseja cumprir seu papel com maestria.


Sendo assim, para garantir que a parceria de vocês seja inabalável neste momento, é importante entender o que comumente passa na cabeça da mãe da noiva. Assim, vocês duas poderão dar suporte uma à outra diante das dúvidas, anseios e emoções.


Pensando nisso, listei 7 pensamentos e emoções vividas pela mãe da noiva para que, desde já, você compreenda melhor sua matriarca. Confira!


1. Minha filhinha está se casando




Ela está radiante com o seu casamento. Está cheia de orgulho e animação. Mas, ao mesmo tempo, é normal bater o sentimento de orgulho misturado com nostalgia.


Afinal, a menininha que ela sempre protegeu, juntinho dela, agora é uma mulher forte, que está pronta para sair “debaixo das asas” dela.


Dessa forma, compreenda esse sentimento da sua mãe, que nada mais é que uma manifestação de amor e cuidado.


Nessa fase de transição e fechamento de ciclos (e início de um novo, é claro), é importante que vocês deixem claro o quanto se amam.


Por isso, uma boa dica é fazerem seus votos de casamento. Sim, voto de mãe e filha.


Escreva uma mensagem para ela e proponha que ela faça o mesmo para você. Será um momento de cumplicidade, reforçando que o amor de vocês é maior que tudo!


2. Será que serei uma mãe da noiva à altura da celebração?




A noiva é o centro das atenções, mas a mãe dela também atrai olhares e é uma das principais figuras da celebração.


Portanto, é normal que ela fique um pouco apreensiva quanto ao vestido, a maquiagem e, é claro, em transmitir uma boa imagem aos convidados.


Encontrar o modelo de vestido de festa para o casamento da própria filha é uma tarefa com grande peso e responsabilidade. 


O importante é que ela comece a busca com antecedência para ter tempo suficiente de encontrar exatamente aquilo que imaginava.


A mãe da noiva deve sempre pedir ajuda à filha, para saber se estão em harmonia com a celebração e, é claro, se a filha aprova o visual.


3. Devo alinhar minha roupa com a mãe do noivo?




As mães - tanto da noiva quanto do noivo - precisam estar deslumbrantes, mas cada uma ao seu modo, com seu modelo e cor de vestido.


Portanto, é natural que, ao começar a decidir o visual, uma pense na outra, a fim de não se ofuscarem.


Não existe distinção de visual entre os vestidos da mãe da noiva e da mãe do noivo. As mesmas regras valem para as duas. 


Até mesmo aquela crença de que a mãe da noiva tem que escolher o vestido primeiro não vale de nada!


O correto é que as duas entrem em acordo sobre o modelo, cores e detalhes do vestido.


Para evitar aborrecimentos de última hora durante os preparativos do casamento, é importante que as cores escolhidas do vestido da mãe da noiva e do noivo sejam definidas com antecedência.


Por isso, caso elas sejam próximas, incentive sua mãe a conversar com sua sogra sobre os modelitos. Se não, busque intermediar você mesma esse diálogo.


4. Eu faria diferente




Este é um sentimento comum na mãe da noiva e até mesmo no pai. Pais dificilmente entendem que seus filhos já são bem grandinhos para tomar suas próprias decisões e, por isso, acham que eles sempre devem ouvir seus conselhos.


Por isso, quando se trata do casamento - quando muitos pais já passaram por situações semelhantes - elas pensam que as filhas devem fazer do jeito que elas fariam.


A mãe da noiva tem uma papel muito importante de braço direito em várias escolhas em relação ao casamento, é claro.


Mas você deve lembrá-la que, ainda que ela tenha um papel muito importante nesta festa, são os noivos que devem decidir e definir como tudo será nesse dia. 


Dessa forma, busque incluí-la nas decisões, pedindo opiniões e ajuda, mas faça suas escolhas baseadas apenas no seu desejo.


5. Até que ponto posso dar minha opinião?




A mãe da noiva quer que tudo dê certo no casamento tanto quanto ela - por isso, pode acabar se envolvendo mais que o esperado nos preparativos.


Por isso, muitas vezes um sentimento comum entre as mães é sobre o grau de envolvimento com a organização do casamento. “Será que ultrapassei as barreiras do casal? Posso me mostrar mais envolvida e ajudar mais?”


Assim sendo, uma boa comunicação é indispensável! Tanto os noivos como seus pais devem saber como conversar e expor o que sentem. 


6. Como eu posso ajudar?




Há muitos anos, os pais da noiva eram os principais responsáveis por financiar toda a festa de casamento.


Hoje, este costume caiu em desuso e, na maioria das vezes, os próprios noivos pagam por tudo.


No entanto, a mãe da noiva, bem como o pai (assim como os pais do noivo), esperam e desejam contribuir de alguma forma com os custos, por amor e prazer em ver os filhos felizes.


Por isso, se a sua mãe parece estar na sua dúvida, tudo se resolve com o diálogo. Se preferir pagar tudo sozinha, explique a ela que ela poderá ajudar de outras formas: na escolha do vestido, da decoração, na leitura atenciosa de contratos, dando apoio emocional e mais.


Entretanto, se ela insistir, não é de todo mal aceitar uma quantia como presente, ou até mesmo deixar que seus pais te presenteiem com um contrato especial, como o fotógrafo, por exemplo.


7. Tenho medo de exagerar na hora da festa




Celebrar e brindar é indispensável, afinal, mãe e filha viveram meses intensos de preparativos.


No entanto, muitas mães de noiva, preocupadas com a imagem e em garantir que o dia da filha seja perfeito, ficam receosas em curtir a festa.


O medo é de exagerar na bebida, pagar mico dançando, comer demais, etc. No entanto, a palavra de ordem é equilíbrio! Dá para aproveitar muito com moderação.


Durante a festa, se perceber que a sua mãe está muito “travada”, puxe-a para a pista de dança, pegue um drink para vocês e aproveitem. Vocês não merecem menos que felicidade total! 


Por fim, a ajuda dos pais é sempre prazerosa durante o casamento. São eles estarão ao lado dos filhos e filhas seja na escolha dos elementos da decoração para casamento ou na escolha do traje de noivo e do vestido de noiva.




Com sensatez e parceria, respeitando os limites um do outro e, sobretudo, as vontades do casal, a celebração será um sucesso.


Aproveitem, façam confidências e desfrutem desse momento marcante na história da família de vocês.


Uma das escolhas que a mãe da noiva pode ajudar é na do fotógrafo. Se você ainda não tem um fotógrafo de casamento, entre em contato comigo para saber mais do que posso oferecer para registrar este momento especial.



Gostou de saber quais são os principais pensamentos da mãe da noiva? Estou sempre oferecendo diversas dicas sobre casamento no meu blog. Para recebê-las no seu e-mail, inscreva-se!


Cadastre-se na lista de dicas!

* indicates required
/ / ( dd / mm / yyyy )