Imagem capa - 7 coisas que ninguém te conta sobre a organização do casamento por Ricardo Clavello

7 coisas que ninguém te conta sobre a organização do casamento


À primeira vista, a organização do casamento pode parecer para muitas noivas uma tarefa sem muitos segredos; contratar um buffet, escolher o salão, definir a igreja, a lista de convidados e mais. Mas não é verdade. A tarefa é uma caixinha de surpresas. 


São muitas as dores e as delícias envolvidas na organização do casamento. Você vai sorrir. Vai se emocionar. Vai se irritar. Vai querer jogar tudo pra cima. E cinco minutos depois vai estar ansiando pelo grande dia de novo. 




É importante não ir achando que toda organização de casamento é igual. Afinal de contas, cada festa tem suas particularidades e cada casal é único.


No entanto, a jornada até o casamento envolve aspectos tão humanos que podem acabar se repetindo entre as noivas.




Dessa forma, se você acha que já sabe tudo para fazer o grande dia acontecer, resolvi te apresentar 7 coisas que ninguém te conta sobre a organização do casamento. Confira!


1. Uma celebração pequena pode ser tão trabalhosa quanto uma grande


Não vá pensando que seu casamento intimista, com a família e poucos amigos, será tirado de letra.


A sensação de que uma festa menor dará menos trabalho não passa de um engano. Talvez tempo e dinheiro sejam economizados, é claro, mas todo o resto demanda o mesmo trabalho. 


Embora com menos convidados, buffet terá que ser contratado, o cerimonial deverá acontecer, a igreja - se assim preferirem - deve ser reservada, a música decidida, a fotografia e mais.




Os fornecedores são praticamente os mesmos, talvez em menores dimensões. Mas, ainda assim, você terá muito o que resolver.


Sendo assim, não subestime o trabalho de uma assessora/cerimonialista. Ter alguém para te ajudar a tomar decisões e tomar a frente de muitos contratos tornará a organização do casamento bem mais fácil.


2. Você vai chorar, se estressar - mas não vai se arrepender em momento algum


Você quis se casar a vida toda e, por isso, pode achar que a organização do casamento será um mar de rosas. Em muitos momentos sim, em outros não. Será um verdadeiro looping de sentimentos. 


Principalmente com o fechar dos contratos e a proximidade da data, a ansiedade aumenta e o choro é livre! rs



Em meio à preocupação com todos os contratos, o vestido, uma eventual dieta, terá o afago no peito de ouvir a música com a qual você vai entrar de braço dado com seu pai. 


Em resumo, você terá dificuldades, impasses, indecisões, terá que lidar com falhas, com prazos de fornecedores, limite de orçamento e mais. Tudo isso estressa, é claro.


No entanto, o objetivo é nobre: sua felicidade, sua vida a dois. Aguente firme. Cada impasse valerá muito a pena depois. Desfrute do momento!


3. Um dos dois sempre irá se preocupar mais com a organização do casamento


Longe de ser sexista ou algo desse tipo. Mas a gente sabe que, na maioria das vezes, as noivas sentem que estão mais envolvidas com os preparativos que eles. Mas o que ninguém te conta é que tá tudo bem - isso é normal! 


Isso tem muito a ver com personalidades diferentes e sensibilidade. Em geral, elas são mais detalhistas e até a cor do papel do convite importa. E às vezes, tudo o que ele quer é ver uma festa linda em geral. 




Isso não significa que não te ame ou que não se importe com o casamento, e sim que existem detalhes nos quais que você pode decidir sozinha, ou com a ajuda da sua mãe ou de uma amiga.


O mesmo vale para os noivos que, eventualmente, se sentem mais envolvidos que as suas noivas. 


O importante é que a parte mais preocupada “puxe” o outro e o envolva na participação. No entanto, entenda que se o outro não se apega a pequenos detalhes, não significa que ele não está feliz e empolgado como você. O sonho é compartilhado! 


4. Todo mundo vai estar pronto para dar pitaco


Todo casal tem que lidar com os pais, os irmãos, amigos e outras pessoas queridas que também estão empolgados com o enlace.


No entanto, cada pessoa possui um gosto, um sonho e uma opinião - e é da natureza do ser humano querer manifestar sua visão.


Você tem todo o direito de ouvir sua mãe, sua sogra e sua amiga - afinal, elas querem o bem de vocês e o sucesso do casamento.




O problema é quando os “conselhos” afetam a liberdade de escolha do casal e/ou acabam por gerar paranoias.


Em suma, desde a lista de casamento até o seu modelo de vestido de noiva, esteja preparada para ouvir os palpites


Mas não esqueçam que, ainda que possam ser inconvenientes, todos são dados com uma boa intenção. 




Quando for o caso, rejeite as sugestões com educação. O importante é ter equilíbrio e, acima de tudo, realizar suas vontades e as do seu noivo.


5. Casamento vai ser seu assunto preferido por muito tempo


Você vai falar muito de casamento. E com razão, afinal, trata-se da realização de um grande sonho, né?


Mas, cuidado ao estar tão envolvida na organização do casamento a ponto de não descansar a cabeça e aproveitar seus momentos de descanso.




É importante saber se desligar para que essa jornada não deixe de ser prazerosa para se tornar exaustiva.


Uma boa dica é pedir que seus amigos te deem um “toque” quando você estiver novamente falando do casamento na hora de relaxar.


6. Gastos inesperados vão acontecer - engorde esse orçamento


Ter um orçamento bem definido é o principal mandamento de uma organização de casamento mais tranquila.


No entanto, não reserve o dinheiro que seja a conta. É muito importante que haja uma “gordura” para gastos inesperados.




Na organização sempre irão surgir novas ideias, modificações e imprevistos, e é possível que algum deles implique em um novo gasto.


Além disso, você não deve deixar de contratar o buffet, o fotógrafo dos sonhos, o salão ideal só porque eles fugiram um pouco do planejado. Às vezes vale a pena flexibilizar. O mais barato muitas vezes sai caro por não corresponder às suas expectativas.


7. Nem tudo vai sair como você imagina - e isso não é necessariamente ruim


Eu sei que você pode ter um script na cabeça sobre o casamento dos seus sonhos e vai fazer de tudo para segui-lo.


Vai querer a decoração com o máximo de referências daquela sua pasta do Pinterest. Vai desejar ter uma foto tão maravilhosa quanto a que viu em um blog de casamentos. Quer que as daminhas e pajens caminhem ao altar sem birras, sono e timidez.




No entanto, não se coloque tanta pressão e não tente moldar tanto a sua celebração. Lembre-se de cada celebração e cada casal têm uma essência e isso gera variações.


O importante é contratar profissionais de qualidade, nos quais você confia e escolher os detalhes de acordo com o seu gosto (e não para impressionar ninguém).


Garanto que, às vezes, as coisas poderão fugir do planejado. Mas isso não quer dizer que o seu casamento será menos emocionante.


Por fim, a organização do casamento será muito mais fácil se você se prevenir para eventuais imprevistos, para momentos de cansaço, mas também de diversão.


E é logo no início da organização do casamento que vocês definem um importante fornecedor: o fotógrafo. Ele que irá registrar toda a alegria do grande dia!


Se você ainda não tem um fotógrafo para o seu casamento, entre em contato comigo para saber mais do que posso oferecer para registrar este momento especial


Gostou de saber o que ninguém te conta sobre a organização do casamento? Estou sempre oferecendo diversas dicas sobre casamento no meu blog. Para recebê-las no seu e-mail, inscreva-se!

Cadastre-se na lista de dicas!

* indicates required
/ / ( dd / mm / yyyy )