Imagem capa - 7 arrependimentos em fotografia de casamento que muitos casais têm por Ricardo Clavello
DicasCasamentos

7 arrependimentos em fotografia de casamento que muitos casais têm

Se as lembrancinhas são escolhidas para eternizar o casamento na memória dos convidados, a fotografia deve ser escolhida a dedos, pois será a responsável por relembrar, para sempre, os momentos felizes para os noivos. Por esse motivo tão nobre, o profissional deve ser escolhido com cuidado, para que não haja arrependimentos em fotografia de casamento.


Afinal, quando tudo acaba - cerimônia, a festa e a agitação - o que sobrevive são as fotos. O casamento reúne tanta alegria que, muitas vezes, os noivos costumam dizer que a festa passa num piscar de olhos.


Dessa forma, ter um bom serviço de fotografia é muito importante, pois só assim serão registrados os momentos mágicos vividos pelo casal, para que posteriormente eles possam se lembrar de todos os detalhes.




Entretanto, a fotografia ainda é um dos calcanhares de Aquiles vividos por muitos casais.


Em uma pesquisa da New York Magazine, com diversas noivas, foi perguntado em que elas poderiam ter investido mais na cerimônia.


O resultado foi que 21% delas apontaram ter arrependimentos em fotografia de casamento, alegando que deveriam ter contratado um fotógrafo de mais qualidade.


Logo, para que você e seu noivo não compartilhem da angústia dessas noivas, separei 7 arrependimentos em fotografia de casamento que os casais mais têm. Continue a leitura!




  1. 1. Escolher apenas pelo menor preço


É claro que a organização do casamento dos sonhos envolve um orçamento, que deve ser respeitado para que todos os desejos sejam contemplados.


No entanto, não escolha o seu fotógrafo de casamento apenas pelo valor, optando pelo profissional mais barato, sem nem mesmo avaliar com clareza a qualidade do seu trabalho.


O mesmo vale, também, para fechar contratos caros apenas porque o profissional tem mais “nome”.



Foque no portfólio dos fotógrafos que você pesquisa. O trabalho dele é consistente ou possui apenas algumas boas fotos espalhadas? Casamentos em diferentes situações tiveram todos bons (e semelhantes) resultados?


Em geral, o preço cobrado por um profissional engloba itens possíveis de enxergarmos, como qualidade, estilo de fotografia e a demanda pelo seu serviço, mas também é composto por itens que não podemos ver, como equipamentos de ponta, equipamentos reservas, equipe bem remunerada, um bom sistema de backup, dentre outras coisas.


Lembre-se que um serviço de qualidade tem seu preço. Além disso, lembre-se de pagar pelo valor da fotografia.


Afinal, fotos eternizam momentos e são relíquias na família - pense bem: você acha que seus avós venderiam as fotos do casamento deles? Com o tempo, a fotografia tem um valor ainda mais inestimável.




  1. 2. Não contratar o fotógrafo dos sonhos


Desejar um trabalho e contratar outro é a receita para fracassar na construção das maiores lembranças do seu casamento.


Você pode até contratar um profissional com estilo semelhante daquele que te faz brilhar os olhos. Mas lembre-se que nenhum artista realizará uma obra igual ao outro.


Não adianta contratar um fotógrafo sonhando com o trabalho de outro profissional e pedir para ele seguir uma lista de "inspirações".


Dois fotógrafos podem até seguir a mesma escola/estilo, porém o olhar de cada um depende das experiências pessoais e vivências individuais.


Portanto, batalhe pelo profissional dos seus sonhos. Caso o problema seja orçamento, ajuste-o, abrindo mão de alguns itens menos relevantes. Em alguns casos você pode negociar um desconto com um pagamento à vista ou aumentar o prazo de parcelamento com uma entrada maior.




  1. 3. Não contratar um pacote que garanta o registro do dia inteiro


Outro dos arrependimentos em fotografia de casamento muito recorrente entre os casais está em contratar o fotógrafo apenas para registrar a cerimônia de casamento.


Não pense que a sua arrumação e a do seu noivo não têm nada de valioso para ser fotografado.


As horas que antecedem o “sim” da noiva são repletas de emoções, surpresas e cenas que merecem ser registradas para sempre.


Por isso, contratar o making of de casamento é importante para captar a emoção dos noivos e dos seus entes queridos momentos antes da união.




As fotos do making of podem ser muito interessantes, afinal, neste momento, dá para fotografar com as suas madrinhas se preparando juntas, vivendo vários momentos relaxados e muito divertidos.


Sendo assim, o momento posterior à cerimônia também merece ser guardado. Nessa etapa, vocês e seus convidados estarão mais relaxados, prontos para curtir a festa. Logo, o clima é muito mais propício para fotos espontâneas - com momentos dos convidados conversando e enchendo a pista de dança.


Lembre-se que você levou muito tempo organizando a celebração perfeita, logo, é fundamental registrar o resultado de tudo isso.




  1. 4. Não investir em um ensaio fotográfico pré-casamento


Muitos casais optam por descartar o ensaio pré-casamento, seja pela “falta de tempo” ou orçamento limitado. Mas isso é um erro gravíssimo!


Pense bem e faça questão de incluir o ensaio pré-casamento na contratação do fotógrafo.



Isso porque, além de render fotos românticas e incríveis, o ensaio ajuda o casal a ficar mais relaxado diante das lentes do profissional e criar mais intimidade com o profissional.


Em suma, o ensaio pré-casamento ajuda a estreitar os laços entre o fotógrafo e os noivos. Assim, quando o grande dia chegar, vocês já vão estar tão acostumados com o fotógrafo, que a única diferença será a ocasião.




  1. 5. Não ter alinhamento com o fotógrafo


Ao contratar um fotógrafo, é muito importante se encontrar com ele antes do grande dia, para evitar arrependimentos em fotografia de casamento.


É fundamental ter liberdade e "intimidade" com o fotógrafo para que os cliques sejam os mais naturais e espontâneos o possível.


Por isso, marque reuniões presenciais com o seu fotógrafo! É importante você saber se a personalidade dele está de acordo com o que você deseja encontrar no profissional. 







Eu, por exemplo, sempre gosto de encontrar os noivos para ouvir mais sobre o estilo do casamento, o local, o que estão pensando em termos de organização, possíveis surpresas e ideias que tiveram.


Eu realmente me importo com as pessoas que se irão se casar, porque acredito que o carinho e a felicidade no trabalho ajudam a obter resultados excelentes.


Vale lembrar também que a visita ao fotógrafo é importante também para que você veja mais das fotos impressas, verificando se elas ficam legais nos álbuns e se os trabalhos apresentam uma boa dose de consistência de qualidade do início ao fim.




  1. 6. Ter apenas fotos posadas


Muitas noivas reclamam das horas e horas que perderam posando em frente às câmeras - muitas vezes, para gerar fotos pouco criativas.


Dessa forma, procure um fotógrafo que tenha agilidade quanto às fotos protocolares e que, acima de tudo, priorize por captar momentos espontâneos e emoções suas para com seus convidados.


São as fotos espontâneas é que tornam o seu álbum um registro natural, exclusivo e especial - por isso, busque conhecer fotógrafos que trabalham com o estilo de “fotojornalismo”.




A prioridade desse estilo é a captação de momentos emotivos, que tornam as imagens passíveis de contar histórias.


É claro que ser adepto de um estilo, não impede que o fotógrafo realize fotos dentro da outra linha, com fotos posadas, sobretudo dos convidados mais importantes.


No entanto, evite construir o seu álbum apenas com fotos posadas e combinadas, ainda que elas também sejam necessárias para compor o conjunto.




  1. 7. Dar muito espaço para as selfies e os celulares


Hoje, os smartphones estão mais popularizados do que nunca, logo, é muito fácil para os convidados bancarem eles mesmos os fotógrafos.


Algo que não é considerado ou nem lembrado muitas vezes é ter uma cerimônia “desconectada”. Em geral, os noivos são chamados para selfies a todo momento - o que, muitas vezes, pode roubar bons minutos de convivência e interação durante a cerimônia.


Além disso, não é incomum ver casos em que convidados, munidos com seus celulares, saíram como "papagaios de pirata" em registros de momentos importantíssimos do fotógrafo.


Por isso, dê liberdade para a equipe de fotografia vetar quaisquer interferências fotográficas diante do trabalho do fotógrafo.




Não estou falando de proibir “selfies” na festa, nem nada disso, mas agir para evitar interferências em momentos-chave, como o beijo e a valsa, por exemplo.


Infelizmente, não são poucas as chances de ter arrependimentos em fotografia de casamento.


Por isso, escolher o profissional dos sonhos e dialogar com ele é fundamental para criar registros mais que perfeitos do grande dia.




Curtiu esse artigo? Acha que ajudou?


Se você gostou do artigo e das fotos eu tenho uma surpresa pra você.

Pensando em atrair cada vez mais histórias incríveis para o nosso dia a dia, eu vou selecionar e presentear 5 casais que irão se casar em 2019 e mais 5 em 2020 com um ensaio PRÉ CASAMENTO! =D

Gostou da ideia? Se você se gostou do meu trabalho, eu te convido a participar!

Corre que dá tempo ainda!

Para participar você só precisa clicar na imagem abaixo e responder algumas perguntinhas.



Gostou de conhecer os principais arrependimentos em fotografia de casamento que os noivos têm? Estou sempre oferecendo diversas dicas sobre casamento no meu blog. Para recebê-las no seu e-mail, inscreva-se!


Cadastre-se na lista de dicas!

* indicates required
/ / ( dd / mm / yyyy )